Portal Útil

Saber como escolher cadeira de alimentação é essencial para garantir momentos de refeição tranquilos e seguros para o bebê.

Além disso, ao considerar diversos fatores, como segurança, conforto e funcionalidade, os pais podem proporcionar uma experiência agradável e prática, tanto para si mesmos quanto para seus pequenos.

Seja em casa, em um restaurante ou em viagens, a cadeira de alimentação adequada faz toda diferença, assim como a almofada de amamentação durante os primeiros meses.

O que este artigo aborda:

Como escolher cadeira de alimentação
Como escolher cadeira de alimentação
Pin It

Como escolher cadeira de alimentação?

A seguir, veja como escolher cadeira de alimentação:

  • Priorize a segurança: busque modelos com selos ou certificações que atestem sua conformidade com padrões de segurança. Além disso, uma base larga e estável, e cintos de segurança ajustáveis são essenciais;
  • Conforto é fundamental: prefira cadeiras com bom acolchoamento;
  • Avalie o material: plástico resistente, madeira de alta qualidade e aço inoxidável são opções populares;
  • Funcionalidade e ajustes: modelos com altura ajustável, bandejas removíveis ou reclináveis oferecem mais versatilidade e se adaptam ao crescimento do bebê;
  • Facilidade de limpeza: uma cadeira fácil de limpar faz toda a diferença no dia a dia. Materiais laváveis e bandejas removíveis são pontos positivos;
  • Espaço e mobilidade: se possui espaço limitado, compre um modelos dobrável ou portátil. As rodinhas facilitam o deslocamento, mas devem ter travas de segurança;
  • Estética e design: escolha um modelo que harmonize com o ambiente da sua casa;
  • Avaliações de outros pais: antes de comprar, leia as opiniões de outros pais. Essa troca de experiência é muito importante e pode te ajudar a tomar a melhor decisão de compra.

Qual a melhor cadeira de alimentação?

Sabendo como escolher cadeira de alimentação, é preciso escolher um modelo para comprar.

Mas, sendo difícil definir uma devido às necessidades individuais de cada criança e situação de uso, veja quais são as melhores cadeiras de alimentação para comprar:

  1. Chicco Polly Progres5: ajustável em diversas posições, essa cadeira acompanha o crescimento do bebê. Sua bandeja removível facilita a limpeza, enquanto o design ergonômico oferece conforto ao pequeno durante as refeições;
  2. Burigotto Bon Appetit: uma opção durável e estável, equipada com cintos de segurança e um design bonito;
  3. Safety 1st Cadeira Recline: se destaca pela sua versatilidade. Com três posições de reclinação e altura ajustável, se ajusta às diferentes fases do bebê;
  4. Fisher-Price SpaceSaver: ideal para famílias com espaço reduzido, é compacta sem comprometer o conforto. O acolchoamento é suave e possui ajustes práticos;
  5. Infanti Cadeira Savile Max: possui múltiplos ajustes e é fácil de limpar;
  6. Galzerano Premium Panda: renomada pela sua robustez, ela vem com bandeja ajustável e almofada acolchoada, tornando o momento da refeição mais confortável. Ademais, a facilidade de montagem e desmontagem é muito prática;
  7. Cosco Simple Fold: perfeita para quem precisa de mobilidade. Esta cadeira dobrável é ideal para viagens ou para levar à casa dos avós. Mesmo sendo compacta, não abre mão da segurança e do conforto;
  8. Graco Swivi Seat: conhecida por sua rotação de 360 graus, permite que o bebê fique virado para qualquer direção da mesa. Além disso, tem várias posições de altura, sendo adaptável ao crescimento do pequeno;
  9. Stokke Tripp Trapp: com design inovador e atemporal, ela cresce com a criança, já que se adapta desde os primeiros meses até a adolescência. Fabricada em madeira resistente, combina elegância e funcionalidade.

Perguntas frequentes

A seguir, veja as perguntas frequentes acerca de como escolher cadeira de alimentação.

É melhor comprar cadeira de alimentação portátil?

Optar por uma cadeira de alimentação portátil é uma escolha inteligente para todas as famílias. Elas são práticas, leves e compactas, o que facilita o uso em diferentes ambientes ou em viagens.

Além da mobilidade, essas cadeiras garantem que o bebê tenha um espaço seguro e familiar para se alimentar, independente do local.

Mas, para isso, é preciso saber como escolher cadeira de alimentação pensando na sua rotina.

Ademais, é importante considerar o uso diário e verificar se a versatilidade da portabilidade atende às necessidades da família.

Até que idade bebe usa cadeira de alimentação?

A cadeira de alimentação é muito usada desde os primeiros meses, quando o bebê começa a introdução alimentar, até aproximadamente 3 anos de idade.

Contudo, a transição pode variar conforme o desenvolvimento e conforto da criança.

Por isso, é essencial entender como escolher cadeira de alimentação e observar o limite de peso suportado pela cadeira.

O nível de interesse da criança em se integrar às refeições familiares à mesa tradicional também deve ser avaliado.

É necessário comprar uma cadeira com bandeja removível?

Não é necessário comprar uma cadeira com bandeja removível, mas essa característica oferece praticidade na limpeza e flexibilidade no uso

Afinal, a bandeja removível facilita a higienização, o que torna o processo mais rápido e eficiente.

Além disso, permite que a cadeira seja usada de várias formas, como mais próxima da mesa da família.

Comprar cadeira de alimentação de madeira ou plástico?

Um dos passos de como escolher cadeira de alimentação é definir se será de plástico ou madeira.

Mas, escolher entre cadeira de alimentação de madeira ou plástico envolve considerar a estética, durabilidade e manutenção.

As de madeira são robustas e tendem a ter um visual mais clássico, sendo mais escolhidas por sua longevidade e design atemporal.

Já as de plástico são leves, fáceis de limpar e, muitas vezes, mais acessíveis em termos de preço.

Ambas podem oferecer segurança e conforto para o bebê. A decisão de qual comprar depende do que melhor se alinha ao que você precisa.

Conclusão

Para entender os detalhes de como escolher cadeira de alimentação, basta considerar o conforto, bem-estar, a segurança do bebê e a praticidade para os pais.

Além disso, é necessário levar em conta aspectos como material e a funcionalidade, é possível garantir que os momentos de refeição sejam mais tranquilos.

Portanto, investir tempo e pesquisa nessa decisão traz benefícios duradouros tanto para os pais quanto para o bebê.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse