quarta-feira, 17 de agosto de 2022 - 17/08/2022 22:11:54
Portal Útil

Já faz algum tempo que o marketing deixou de ser algo criativo e possível de mil interpretações de resultados e passou a ser algo que podemos medir e saber se estamos ou não no caminho certo.

Mas, apesar das constantes mudanças tanto na tecnologia quanto nas possibilidades de medir o que está sendo realizado, diversas empresas continuam tratando o marketing como algo místico, quase que intangível.

Se você está em dúvida se os esforços da sua equipe de marketing estão valendo a pena, este artigo é para você. Continue a leitura até o final!

O que este artigo aborda:

Definindo as metas

Antes de começar a analisar o tipo de resultado que tivemos, é necessário pensar em quais resultados gostaríamos de ter.

É importante levar em consideração que cada ação de marketing tem um objetivo, e nem todas elas devem ser medidas de acordo com as vendas.

Planejamento de ações de marketing

Algumas ações, por exemplo, são voltadas para o branding, que são ações que visam aumentar a visibilidade da marca, mas não necessariamente vender nesse primeiro momento.

Então, nesse caso, seria inviável medir ações de branding de acordo com as vendas. A definição das metas é o ponto principal para conseguirmos medir o quão efetiva uma ação foi.

Por isso, a nossa indicação é que você trace metas SMART, para que depois você consiga realmente mensurar os resultados. As metas SMART são metas: específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais. Ou seja, são metas que você realmente sabe que consegue alcançar, no tempo certo, e que são realmente essenciais para o seu negócio.

Um exemplo de meta ruim é “vender mais”. Essa meta é ruim porque você não sabe o quanto é mais, não sabe o que você vai fazer para vender mais, não tem como mensurar se ela realmente funcionou, e não colocou um tempo para execução.

Já se você define como meta: “aumentar as vendas em 10% por meio das redes sociais nos próximos 3 meses”, e por ela ser específica, mensurável, atingível, relevante e tem um tempo certo para ser realizada, torna-se mais eficiente.

Trace um plano de ação

Entre a meta e o resultado, precisamos de ação. Muitas vezes as metas ficam empacadas pois o plano de ação não foi traçado corretamente. Você precisa ter certeza de que todas as ações estão voltadas para isso.

O plano de ação também é importante pois ele lhe dá clareza no KPI a ser analisado. E se você não sabe o que é um KPI, fique tranquilo, falaremos dele no próximo tópico. O plano de ação é tudo aquilo que será realizado para atingir aquela meta.

A nossa meta de exemplo era aumentar as vendas em 10% por meio das redes sociais. Então, precisamos pensar nas possibilidades que temos dentro das redes sociais e escolher uma para trabalhar.

Nesse caso, algumas opções seriam:

  • começar a trabalhar alguma rede social que ainda não era trabalhada;
  • aumentar os esforços de tráfego pago;
  • fazer parceria com algum influenciador digital;
  • aumentar a interação nessas redes sociais;
  • mudar a estratégia de marketing de conteúdo para testar novas possibilidades.

Todas essas ações devem ser discutidas junto com a sua Agência de Marketing Digital para garantir que vocês estejam alinhados e certamente vão escolher o melhor caminho.

Analisando os resultados

Depois de tudo feito, é hora de começar a analisar os resultados. Claramente, como a meta era aumentar em 10% as vendas, o principal KPI que precisa ser analisado são as vendas. KPIs são os indicadores-chave, ou seja, os números que realmente vão lhe dizer se as vendas aumentaram ou não.

Porém, é preciso garantir que você esteja analisando as vendas certas. Pode ser que você tenha subido várias palavras nas buscas do Google, por exemplo, e isso também tenha aumentado as vendas. Por essa razão, é importante garantir que você esteja analisando somente as vendas vindas das redes sociais, já que a meta era subir em 10% as vendas vindas por esse canal.

Isso é importante pois garante que você não confunda as análises. Mas, além de analisar esse KPI, você também pode escolher algum outro para olhar e que pode  trazer insights interessantes para você.

Como a métrica era sobre vendas nas redes sociais, você pode olhar o desempenho dos seus posts também, e saber qual gerou mais interação, qual tipo de conteúdo gerou mais compartilhamento, qual gerou mais vendas, etc.

Dessa forma, em uma próxima ação de marketing que tenha como meta aumentar o branding, por exemplo, você pode utilizar esses resultados como exemplo e focar nos posts que demonstraram aumentar mais o branding.

O importante é aproveitar as ações de marketing como um todo e sempre analisar tudo o que ela trouxe de positivo e também de negativo, para não repeti-los da próxima vez.

Se a partir de hoje todas as suas ações de marketing forem voltadas para uma meta, como aumentar as vendas, os leads ou o branding, por exemplo, com certeza você conseguirá medir e saber se seus esforços realmente estão valendo a pena.

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads com mais de 310 campanhas no portfólio. Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

1

Pode ser do seu interesse

Estratégia de marketing para empresas: 11 dicas práticas

Estratégia de marketing para empresas: 11 dicas práticas

Painéis de LED letreiro e outdoor para propaganda de empresas e igrejas

Painéis de LED letreiro e outdoor para propaganda de empresas e igrejas

Anúncio rejeitado no Facebook Ads? Veja os motivos

Anúncio rejeitado no Facebook Ads? Veja os motivos

Google Ads: 5 vantagens de anunciar seu site

Google Ads: 5 vantagens de anunciar seu site

Pesquisa de palavra-chave: o que é e como funciona

Pesquisa de palavra-chave: o que é e como funciona

Como criar marca para empresa: 10 dicas práticas de especialistas

Como criar marca para empresa: 10 dicas práticas de especialistas