Portal Útil

O número de compras online teve um aumento expressivo depois do início da pandemia, segundo uma pesquisa feita pelo site Cupom Válido, o Brasil lidera atualmente o ranking de compras online, à frente da Argentina e Turquia que ocupam o segundo e terceiro lugar respectivamente.

Ignorar portanto o investimento em uma presença online afim de fazer com que seu negócio seja visível para esta massa consumidora que está cada vez mais conectada é um erro, uma vez que no comércio, quem não é competitivo e atento às mudanças está fadado ao fracasso.

O que este artigo aborda:

Ganhar dinheiro com vendas online
Ganhar dinheiro com vendas online
Pin It

Como ganhar dinheiro com vendas online?

Hoje falaremos de algumas ideias que você pode utilizar para aproveitar esta onda e aumentar consideravelmente o faturamento do seu negócio.

1. Marketplaces

Quer entender o que acontece no mercado, preste atenção em quem é expert, os gigantes do marketplace enxergaram o fenômeno do estouro das compras online bem no início e não ficaram parados.

Lembra que eu te disse no início deste artifo que o número de compras online disparou no início da pandemia? Lembra que eu te disse também que o Brasil está liderando este ranking? Pois é, conhece a Shopee? Acha que ela possui alguma relação com tudo isso?

Tem tudo a ver! Como eu disse, os gigantes sabem jogar o jogo do comércio como ninguém e a Shopee, que arrebanha “uma tonelada” de novos vendedores diretos e indiretos por meio do programa de afiliados todos os meses enxergou tudo isso bem no início.

Esta gigante plataforma de ecommerce chegou ao Brasil bem no início da pandemia, investiu pesado em marketing, disparou seu crescimento e não parou mais.

E o que a Shopee tem a ver com o tema deste artigo? Tudo! Inúmeros vendedores locais fecharam suas portas durante a pandemia, em contrapartida outros muitos sobreviveram por que disponibilizaram seus produtos em marketplaces como a Shopee.

Existem ainda outros Marketplaces como o Mercado Livre, B2W, Amazon e muitos outros e se você ainda não abriu a sua loja virtual em nenhum deles, saiba que está deixando de lado uma excelente via de escoamento da sua mercadoria.

2. Redes sociais

Hoje funciona assim, “quem não é visto não é lembrado”, gostaria de te fazer uma pergunta, você acha que a Coca Cola precisa mesmo te bombardear com todas estas propagandas que eventualmente aparecem na televisão?

Precisa! E ela faz isso porque conhece bem a importância da presença online, a menos que você tenha alguns milhares de reais pra gastar com propagandas e mais propagandas constantemente, criar perfis do seu negócio em redes sociais é algo praticamente obrigatório.

Quando as pessoas não estão buscando por um determinado produto ou serviço ativamente na internet é lá que elas estão, rindo, se divertindo e se relacionando, é fundamental hoje que seu negócio apareça por lá até que um dia as pessoas se lembre do seu negócio quando pensarem em algum produto ou serviço que estejam precisando.

São várias as possibilidades quando falamos em presença online através das redes sociais grupos, páginas, fotos, videos rápidos e logons, você precisa identificar aquelas que mais se identificam com o seu negócio, escolher uma para iniciar sua estratégia de marketing, investir nela e ampliar o leque quando estiver preparado(a)

3. Loja virtual

Bom, se você quiser algo bem mais sério é neste tópico que a coisa começa a ficar interessante, não pelo fato de você apenas comprar um domínio com o nome do seu negócio, criar um site de qualquer jeito e publicar páginas com seus produtos e ficar esperando aparecer alguma alma viva pra comprar de você.

O que eu quero dizer é que se você vive ou quer viver de comércio tem que jogar o jogo dos grandes e se esforçar pra fazer algo o mais próximo do que eles fazem, digo isso por que sei que nem todo mundo tem a grana que eles têm pra torrar com maketing.

Mas ainda sim é possível obter resultados satisfatórios e perenes de você fizer o “faijão com arroz bem beito”. O que você precisa fazer é trabalhar a questão da presença do seu negócio nas redes sociais e disponibilizar seus produtos em quantos marketplaces quanto você consiga administrar como vimos nos tópicos anteriores e desenvolver um projeto ousado pra sua loja online.

A loja online porém é apenas o núcleo deste projeto, há alguns “satélites” orbitando em volta dela que se você colocá-los pra funcionar, o céu é o limite! Estes “satélites” são:

  • SEO;
  • Blog integrado;
  • Tráfego pago.

4. SEO

SEO significa Search Engine Optimization, do inglês, otimização para mecanismos de busca, você não pode ignorar o tráfego pago como veremos adiante, mas é fundamental que você implemente uma estratégia de SEO, tanto em sua loja virtual quanto no blog integrado como veremos a seguir.

Se você não sabe falar inglês e pede para algum britânico que não entende a sua língua trazer alguém até a sua loja, você acha que ele vai trazer este alguém? Pois é meu amigo, com os buscadores, ou melhor, com o gingantérrimo Google funciona da mesma forma.

O SEO é a maneira como você consegue dialogar com os algorítmos do Google, é fundamental que você estude como implementar estratégias de SEO no seu negócio online pra ser encontrado na web por potenciais clientes e ter resultados perenes sem ter que gastar com isso.

Uma vez que o SEO, quando feito corretamente, permite que suas páginas de venda fiquem bem posicionadas na primeira página do Google sem ter que pagar pra estar ali.

Não tenho conhecimento em SEO, o que faço?

Não há motivos para se desesperar caso você não possua nenhum conhecimento em SEO, isso porque há um vasto conhecimento na internet sobre isso em sites e canais do Youtube de quem é referência no assunto como Neil Patel, Brian Dean, SemRush, Rock Content e muitos outros.

Além disso todas as regras e diretrizes para que sites e conteúdos estejam em conformidade com o Google são disponibilizadas gratuitamente pelo próprio Google.

Além disso, caso queira, você pode contratar uma das inúmeras Agência de SEO que existem no Brasil para criar e organizar todo o seu ambiente virtual.

5. Blog integrado

Ter um blog integrado à sua loja virtgua é algo extremamente importante em termos de estratégia de vendas, isso porque você pode alcançar mais facilmente potenciais compradores com um artigo que ataque diretamente as palavras chave buscadas por eles.

Quando um potencial comprador pesquisa por “geladeira” no Google, seu produto será um em meio a muitos outros e, além da dificuldade de se rankear para esta palavra-chave curta, será dificil fazer com que ele clique sem um baita diferencial como preço baixo e frete grátis por exemplo.

Mas se você fizer um artigo no blog integrado à sua loja virtual com a palavra chave longa “onde comprar geladeira frostfree branca” terá maiores chances de fechar negócios porque:

  • A pessoa que digita esta palavra-chave no Google já está com intenção de comprar;
  • A concorrência para palavras-chave longas é menor e o ranqueamento é melhor e mais rápido.

Não é só isso, com um blog integrado á sua loja virtual você tem a oportunidade de estabelecer um diálogo e uma conexão melhor com as pessoas, coisa que é meio complicada de se conseguir em páginas de produtos.

Com um blog integrado você pode por exemplo oferecer outros produtos e ofertas e captar contatos.

É importante que você compreenda porém que assim como no caso de uma loja virtual, o SEO também se aplica nos artigos de um blog, embora diferencie um pouco as técnicas utilizadas.

6. Tráfego pago

O tráfego pago é algo funcamental para aumentar o faturamento de um comércio, difere do SEO porque aqui você paga para que o potencial cliente chegue até o seu negócio.

Em se tratando do Google especificamente, há toda a informação necessária disponibilizada gratuitamente pra que você faça todo o dever de casa direito e potencialize suas vendas.

Apesar de ser algo com muito potencial de retorno, exige um bom conhecimento, uma vez você investe em campanhas pagas pra trazer pessoas até seu negócio e precisa ter ROI pra que a estratégia não fique insustentável.

Há além das fronteiras do Google a possibilidade de se investir em trafego prago também em redes sociais, onde é possível elaborar excelentes estratérias, tanto de vendas quanto de valorização de marca.

Conclusão

Espero que este artigo tenha te ajudado a entender a importância de investir na presença online do seu negócio afim de garantir um faturamento crescente e sólido com as amplas ferramentas e consequentes possibilidades que elas oferecem.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse