segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 23:29:56
Portal Útil

Publicado por Redação Portal Útil em 29/04/2022 às 11:01.

Em suma, o gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas é essencial para o pleno funcionamento dessa atividade. Por isso, é preciso que os gestores façam cursos de qualificação para ocupar esse tipo de vaga.

Diariamente, muitos caminhoneiros percorrem ruas, estradas e rodovias pelo país de modo a fazer o serviço de transporte rodoviário.

Desta forma, levam cargas, mercadorias e produtos dos mais variados tipos e tamanhos.

E isso é algo essencial, trata-se de uma atividade que movimenta milhões e milhões de reais periodicamente.

Ou seja, esse é um serviço de essencial para a economia do país.

Gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas

Contudo, existem certos riscos e problemas que podem afetar o transporte rodoviário, gerando, por exemplo, danos, extravios, atrasos, acidentes, prejuízos, etc.

Sendo assim, para evitar que tais situações aconteçam e prejudiquem a empresa e seus clientes, bem como a sua credibilidade, o Portal Útil reuniu essas informações sobre gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas e os principais riscos envolvidos nessa atividade.

O que este artigo aborda:

Qual a importância do gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas

Abaixo, veja o porque de o gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas é tão essencial.

1. Assaltos e roubos de cargas

Primeiramente, apesar de o número de assaltos e roubos de cargas ter diminuído no Brasil nos últimos anos, de acordo com a Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística (NTC&Logística), esse problema ainda é recorrente, tendo milhares de casos todos os anos.

Apenas em 2020 foram 14.159 ocorrências.

E tal circunstância, além de gerar enormes prejuízos, torna-se um risco para os motoristas que podem sofrer agressões, sequestros, traumas, etc.

Por isso, como medida de prevenção, é essencial investir em gerenciamento de riscos.

Assim, a operação, antes mesmo de ser iniciada, deve ser estudada, mapeada e planejada de modo que as melhores rotas, os melhores horários, etc., sejam adotados.

E não só isso, pois com o gerenciamento de riscos, a operação também pode ser monitorada e rastreada com aplicativos e softwares do início ao fim.

2. Falhas e panes nos caminhões

Para o transporte rodoviário ser feito, é preciso um ou mais caminhões, ou seja, uma frota.

Então, devido ao uso contínuo desses veículos, além das condições não muito apropriadas de diversas vias brasileiras, é normal que após um tempo os caminhões apresentem certos desgastes e problemas, o que pode prejudicar toda a operação.

Por isso, imagine o quão perigoso é ter um caminhão circulando com problemas mecânicos, por exemplo. As chances de danos e acidentes acontecerem são grandes, inclusive, podendo ser fatais.

Sendo assim, para evitar que falhas e panes aconteçam no caminhão e afetem o serviço de transporte de cargas, é essencial ter um controle adequado em relação às manutenções e vistorias.

Assim, com essa ação, qualquer problema no caminhão poderá ser identificado com antecedência e corrigido, de modo que o transporte possa ser feito sempre de maneira segura e eficiente.

Em outras palavras, itens como freios, pneus, luzes, para-brisa, câmbio e os níveis de óleo, por exemplo, devem sempre ser verificados.

3. Gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas para evitar imprudência e negligência

Outro risco ligado ao transporte rodoviário está associado à forma como os motoristas conduzem os caminhões durante uma operação.

Em outras palavras, se eles são imprudentes, descuidados, não respeitam as leis, os limites de velocidade, entre outros aspectos, a tendência é que problemas, acidentes e/ou prejuízos ocorram.

Por exemplo, imagine um motorista que está a 80 km/h em uma rodovia e começa a chover forte. Se ele não reduzir a velocidade e ficar mais atento, acidentes e problemas podem acontecer.

Ou ainda, imagine se esse mesmo motorista estiver dirigindo em uma velocidade elevada e, ao mesmo tempo, mexendo no celular, sem prestar muita atenção na via. Além de multas, um acidente grave poderia acontecer.

Por isso, para evitar esses e outros transtornos, é essencial que a contratação de condutores seja feita de forma séria e responsável, e que eles, depois de contratados, passem por treinamentos e orientações.

Dessa forma, toda a operação, do início ao fim, terá muito mais chances de ser eficiente e bem-sucedida.

Bons motoristas são responsáveis, estão sempre se usando e dominam as boas práticas de direção.

Portanto, na hora de contratar condutores, busque sempre por esses profissionais.

4. Problemas com a carga

Em suma, o transporte rodoviário é responsável por carregar diferentes tipos e tamanhos de cargas, desde itens pequenos até itens gigantes.

E claro que para isso, é preciso tomar alguns cuidados com a carga, a começar pela escolha de veículo, afinal, cada caminhão tem uma característica, bem como uma capacidade.

Além disso, avaliar as instruções de manuseio, as formas de armazenamento e a embalagem são aspectos de suma importância para se considerar.

Então, se houver qualquer descuido em relação a esses itens, a carga poderá ser estragada, danificada ou até mesmo perdida – o que pode gerar um grande prejuízo e muita dor de cabeça.

Sem contar as chances de acidentes também, como o de tombamento de veículos.

Portanto, como última ação para reduzir os riscos no transporte rodoviário, tenha muito atenção na hora de retirar, armazenar e entregar as cargas. Avalie pesos, dimensões e volumes, e faça um serviço seguro e responsável.

Curso de gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas

Primeiramente, existem vários cursos de gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas.

Por isso, é preciso entender bem a área e escolher o melhor curso.

Então, se você quer se aprofundar no assunto, recomendo o livro Transportadora do Zero.

Conclusão

Em suma, o gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas é essencial para uma empresa de frota.

Por isso, ter um profissional de logística de gerenciamento de riscos no transporte rodoviário de cargas é muito importante para esse tipo de empresa.

Redação Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

1

Pode ser do seu interesse

Como acalmar um bebê? Veja 5 formas

Como acalmar um bebê? Veja 5 formas

Elaboração de currículo profissional: guia completo

Elaboração de currículo profissional: guia completo

Profissões que viajam muito e ganham bem

Profissões que viajam muito e ganham bem

Transporte rodoviário no Brasil: vantagens e desvantagens

Transporte rodoviário no Brasil: vantagens e desvantagens

Melhores mochilas de hidratação e como escolher

Melhores mochilas de hidratação e como escolher

Como faço para assinar SKY?

Como faço para assinar SKY?