Portal Útil

Ao entender como dividir ambientes gastando pouco, você economiza bastante dinheiro.

Mas, transformar e otimizar espaços não requer necessariamente um grande investimento.

Ao contrário, com criatividade e algumas dicas práticas, é possível criar ambientes distintos dentro de uma mesma área, sem que isso pese no seu bolso.

Contudo, para economizar e fazer algo bonito, é preciso saber exatamente como dividir ambientes gastando pouco.

Já que você pode usar plantas que trazem prosperidade, divisórias, pallets e várias outras coisas.

O que este artigo aborda:

Como dividir ambientes gastando pouco
Como dividir ambientes gastando pouco
Pin It

Como dividir ambientes gastando pouco?

A seguir, veja como dividir ambientes gastando pouco:

  • Móveis como divisores: estantes vazadas, sofás ou mesmo uma mesa podem definir limites entre diferentes áreas;
  • Reciclagem inteligente: pallets, portas antigas ou janelas podem virar divisórias originais e cheias de personalidade;
  • Cortinas e biombos: soluções clássicas, removíveis e acessíveis para separar ambientes;
  • Cores e texturas: use pintura de cores diferentes ou texturas distintas nas paredes para indicar a mudança de um ambiente para outro;
  • Iluminação estratégica: luzes direcionais ou diferentes intensidades de luz podem criar ambientes distintos;
  • Tapetes para demarcar áreas: eles podem criar “ilhas” de atividades dentro de um mesmo ambiente;
  • Plantas como divisórias: elas servem como divisórias naturais e ainda contribuem para um ambiente mais agradável;
  • Divisórias vazadas: mantém-se a sensação de amplitude enquanto se delimita os espaços;
  • Papel de parede: use papéis de parede diferentes para criar ambientes distintos;
  • Prateleiras abertas: elas podem funcionar como divisórias enquanto fornecem espaço de armazenamento extra;
  • Varais de fotos ou luzes: um varal com fotos ou luzes de LED pode servir como um divisor informal e pessoal;
  • Espelhos: eles podem criar a ilusão de um espaço maior e funcionar como uma divisória visual;
  • Tetos falsos: alterar a altura do teto pode indicar a separação entre dois ambientes;
  • Pisos diferentes: mude o material do piso para definir diferentes áreas;
  • Áreas de nível diferente: criar pequenos degraus pode ajudar a dividir ambientes;
  • Bancadas ou balcões: funcionam bem especialmente em cozinhas e salas de jantar;
  • Armários ou gabinetes: além de fornecer armazenamento, eles podem servir como divisórias;
  • Arte na parede: pinturas ou fotografias podem ser usadas para distinguir diferentes espaços;
  • Painéis de vidro ou acrílico: podem servir como divisórias modernas e estilosas;
  • Objetos decorativos: grandes vasos, esculturas ou instalações de arte podem ser usados para dividir o espaço.

Perguntas frequentes

A seguir, veja as perguntas frequentes acerca de como dividir ambientes gastando pouco.

Posso usar plantas para dividir ambientes?

Sim, plantas, especialmente as de porte maior, podem servir como divisórias naturais e ainda contribuir para um ambiente mais agradável e saudável.

É possível dividir ambientes sem perder a sensação de amplitude?

Sim, usando divisórias vazadas, como estantes ou biombos, mantém-se a sensação de amplitude enquanto se delimita os espaços.

A iluminação pode mesmo fazer diferença na divisão de ambientes?

Sim. A iluminação cria atmosferas diferentes e pode destacar a divisão de ambientes de maneira sutil.

Cortinas podem funcionar bem em todos os tipos de ambiente?

Depende do ambiente. Em locais com muita umidade, por exemplo, é melhor optar por outros tipos de divisória.

Onde encontrar itens reciclados para usar como divisórias?

Feiras de antiguidades, lojas de segunda mão ou mesmo vendas online podem ser boas fontes de materiais reciclados.

Conclusão

Aprender sobre como separar ambientes gastando pouco não é um desafio, mas uma oportunidade de dar um toque pessoal e criativo nos seus espaços.

Seja com móveis, itens reciclados, cortinas, biombos, cores, texturas ou iluminação, é possível criar ambientes distintos e acolhedores sem um grande investimento.

Já que entender como dividir ambientes gastando pouco é simples, o importante é que o espaço reflita suas necessidades e personalidade, sendo funcional e harmonioso.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Isabella Moretti

Publicitária e empresária, Isabella Moretti compartilha inspirações e referências sobre decoração, arquitetura, plantas, projetos de DIY e ideias para festas.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse