quinta-feira, 18 de agosto de 2022 - 18/08/2022 08:52:26
Portal Útil

Quando uma mulher está grávida, a água presente em seu corpo aumenta de 6 a 8 litros, o que facilita a retenção de líquidos em diferentes áreas.

Para combater esse problema, discutiremos agora os exercícios que ajudam a reduzir o inchaço dos pés na gravidez.

Dado que durante a gravidez não é recomendado tomar diuréticos sem supervisão médica, nem mesmo na forma de remédios naturais, pois podem ter efeitos adversos, o melhor é praticar alguns exercícios.

O que este artigo aborda:

Edema na gravidez

O edema é a consequência do aumento da retenção de líquidos. No entanto, existem outros fatores que podem influenciá-la, como altas temperaturas e sedentarismo.

À medida que a gravidez avança, e principalmente no final do dia, a grávida tende a sofrer de inchaço nas extremidades inferiores devido à retenção de líquidos. Na maioria dos casos, não é algo grave ou patológico.

Como diminuir inchaço dos pés na gravidez

Sim, deve ser analisado quando acompanhado de hipertensão ou proteinúria (excesso de proteína na urina). Nesses casos, pode ser sinal de outros problemas que devem ser devidamente avaliados por um profissional de saúde.

Como diminuir inchaço dos pés na gravidez

O inchaço dos pés é na gravidez é comum, embora possa ser prevenido e aliviado com exercícios, para cuidar dos pés.

Em geral, é recomendado que as gestantes pratiquem atividade física, conforme evidencia este estudo publicado na revista americana de medicina do estilo de vida.

Com este bom hábito você pode reduzir o risco de excesso de peso e distúrbios como diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, parto prematuro, varizes ou inchaço.

Também a nível psicológico pode ajudar a prevenir a ansiedade e a depressão.

No entanto, ao se exercitar, a gestante deve tomar alguns cuidados, como evitar atividades de alto impacto, além de exceder o tempo de atividade física recomendado pelo médico, por exemplo.

Aeróbica na piscina

Uma excelente opção para as gestantes são os exercícios que podem ser feitos em piscina. Especificamente, fazer hidroginástica pode ajudar a melhorar a produção de urina e reduzir o inchaço dos pés durante a gravidez.

Além disso, o impacto nas articulações é evitado, a circulação é melhorada e as dores nas costas são evitadas.

Por esse motivo, é recomendável realizar sessões de aproximadamente meia hora, desde que você não sinta nenhum tipo de desconforto.

Imersão

Aproveitando os benefícios da água, uma técnica simples e sem riscos para combater os pés inchados durante a gravidez consiste em mergulhar. Além disso, é muito relaxante para as grávidas na última fase da gravidez.

Para realizar a imersão corretamente, a mulher deve sentar-se na banheira com as pernas na horizontal e a água até a cintura.

Você também pode fazê-lo, se tiver a possibilidade, em um lugar onde possa submergir até os ombros. A temperatura deve ser de aproximadamente 32°C.

Caminhar para reduzir o inchaço dos pés

A caminhada é um dos exercícios mais simples e eficazes para gestantes que desejam prevenir ou aliviar o inchaço nos pés. O risco de lesões ou outros problemas é muito baixo e é agradável e benéfico para sua saúde geral.

Esta atividade deve ser moderada e realizada durante meia hora várias vezes por semana.

O ideal seria completar os 150 minutos por semana. No entanto, sempre será caso não haja complicações.

Além disso, meias de compressão também podem ser usadas. Estes promovem a boa circulação e facilitam o retorno venoso ao coração. Isso também previne varizes.

Yoga pré-natal

Este exercício traz grandes benefícios para as mulheres grávidas tanto fisicamente como emocionalmente.

Finalmente, se quisermos optar por uma atividade guiada, você pode experimentar o yoga pré-natal. Esta disciplina pode trazer melhorias a nível físico, mental e emocional, além de combater a retenção de líquidos nos pés.

As famosas posturas de yoga focam, neste caso, todas as particularidades da gestante.

Em suma, esses exercícios que compartilhamos são simples e são projetados para minimizar qualquer risco durante a gravidez.

Além de ajudar a diminuir o inchaço dos pés na gravidez, eles também estão relacionados a muitos outros benefícios durante a doce espera e também diante do parto.

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

BCAA, o que é e para que serve?

BCAA, o que é e para que serve?

Chá verde: o que é, seus benefícios e contra indicações

Chá verde: o que é, seus benefícios e contra indicações

6 calmantes naturais para ansiedade, insônia e nervosismo

6 calmantes naturais para ansiedade, insônia e nervosismo

O que é medicina preventiva?

O que é medicina preventiva?

Como detectar a leucemia?

Como detectar a leucemia?

Qualidade de vida na terceira idade: 6 dicas para viver bem

Qualidade de vida na terceira idade: 6 dicas para viver bem