Portal Útil

A queda de cabelo é um dos problemas que mais afeta a autoestima, pois é um incômodo que envolve a aparência. Mas além disso, é uma preocupação com o corpo: quando a queda de cabelo pode indicar problemas de saúde?

Essa queda de cabelo geralmente não é fácil de observar no dia a dia, em caso de um corpo que não esteja sofrendo algo.

Muito mais comum é observar durante o banho, onde você também consegue observar melhor a quantidade.

Continue lendo para entender melhor quando a queda de cabelo pode indicar problemas de saúde e quando é preocupante.

O que este artigo aborda:

O que causa queda de cabelo excessiva
O que causa queda de cabelo excessiva
Pin It

A queda de cabelo é comum?

Sim, a queda de cabelo é algo comum e que acontece todos os dias.

Normalmente, o esperado é que uma pessoa perca de 100 a 200 fios de cabelo em um dia, o que é mais observado durante o banho.

No entanto, se durante o banho você tem observado que essa queda está maior que o habitual e, ainda, não apenas no banho você percebe queda durante o dia a dia, então é um ponto para ficar em alerta.

O que causa queda de cabelo excessiva?

Muitas pessoas quando começam a se preocupar e se perguntam “cabelo caindo muito, o que pode ser?” 

A resposta para essa pergunta é variável. Isso porque podem ter muitas causas relacionadas. Entre elas, podemos citar as doenças do couro cabeludo.

As doenças do couro cabeludo estão relacionadas tanto à genética, quanto ao estilo de vida e tem como principais casos: alopecia androgenética, a famosa calvície, e o eflúvio telógeno, que é uma alteração no ciclo capilar que provoca a queda do cabelo.

Essas doenças são localizadas, mas o cabelo caindo muito pode indicar outros distúrbios, como:

  1. Quadros de disfunções metabólicas: glicemia alterada;
  2. Mudança de peso (ganho ou perda significativa); 
  3. Disfunções hormonais como hiper e hipotireoidismo;
  4. Doenças infecciosas;
  5. Anemia;
  6. Lúpus.

É por isso que usar medicamentos e vitaminas sem ir em um profissional entender a causa da queda de cabelo não é algo recomendado, pois essa queda pode ter vários motivos e que podem ser complexos.

Entenda melhor esses problemas de saúde e exemplos a seguir.

1. Disfunções nutricionais e metabólicas

Glicemia alterada, anemia, desnutrição e anorexia, deficiência de vitaminas e nutrientes adequados são exemplos de disfunções nutricionais que podem causar a queda de cabelo e exigem a sua preocupação e cuidado.

2. Disfunções hormonais

As disfunções hormonais acabam interrompendo o ciclo de crescimento do cabelo, levando a queda de cabelo prolongada ou crescimento excessivo em outras áreas.

Uma dessas disfunções é a síndrome dos ovários policísticos, que está relacionada com o desequilíbrio dos hormônios sexuais, como a testosterona e estrogênio.

Essa síndrome pode estimular o crescimento de pelos faciais e a queda de cabelo do couro cabeludo.

Também é importante lembrar que pessoas fazendo terapia endócrina, com câncer de mama por exemplo, também têm queda de cabelo.

Além disso, também há os distúrbios da tireóide, como já citamos: o hipotiroidismo e o hipertireoidismo, que causam a queda ou mudança dos fios de cabelo.

3. Infecção ou inflamação

Qualquer inflamação pode deixar a pele doente, o que interfere no couro cabeludo, tanto na queda quanto no crescimento de novos fios.

O próprio Covid-19, por exemplo, é uma doença que pode causar muita queda de cabelo e essa é uma sequela mais comum do que se imagina.

No entanto, é reversível, não significa que a pessoa tem essa perda de cabelo e não há volta. Existe solução, mas é importante falar com o médico.

Outros exemplos comuns são as dermatites e seus vários tipos.

4. Autoimune

As doenças autoimunes são aquelas em que as células de defesa do corpo atacam as próprias células do corpo e causam efeitos significativos na saúde.

Essas doenças podem causar perdas de cabelo intensas e irregulares, que podem acabar deixando a pessoa com falhas na cabeça.

5. Autoinfligido

Autoinfligido é um tipo de distúrbio que pode contar com a perda de cabelo como uma consequência.

Por exemplo, no caso da tricotilomania, é uma condição em que a pessoa puxa os próprios cabelos devido a um transtorno envolvendo a saúde da mente, tendo como consequência a perda excessiva dos mesmos.

Embora seja mais comum no couro cabeludo, isso pode afetar qualquer outra área do corpo com mais cabelo, como as sobrancelhas, pelos do corpo e até cílios.

Conclusão

Se você está suspeitando de algum problema de saúde e está apresentando queda de cabelo exacerbada, procure um médico e profissional para te ajudar.

Não indicamos o autodiagnóstico, esse texto possui intuito de auxiliar o leitor a tirar dúvidas e entender as possíveis causas sobre queda de cabelo.

Se você está com queda de cabelo e isso tem afetado sua autoestima, procurar um profissional especializado na área pode te ajudar com isso.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse