segunda-feira, 15 de agosto de 2022 - 15/08/2022 18:19:39
Portal Útil

Em suma, o objetivo da inclusão digital no Brasil é prover acesso a tecnologia para todos os cidadãos.

Além disso, a história da medicina é repleta de desenvolvimento e inclusão de ferramentas, utensílios e tecnologias focadas em curar e tratar os pacientes.

Afinal, estamos vivendo em uma era recheada de inovações e mudanças que apoiam a área da saúde.

Desta forma, a inclusão de novas tecnologias e processos de gestão tem sido um dos maiores fatores de diferenciação para os hospitais.

Então, entenda o que é inclusão digital e qual seu impacto na medicina e na sociedade neste guia do Portal Útil.

O que é inclusão digital e quais seus impactos

O que este artigo aborda:

O que é inclusão digital no Brasil?

A inclusão digital é composta por um conjunto de etapas cujo objetivo é tornar a internet e outras tecnologias acessíveis para toda a sociedade.

Qual o impacto da inclusão digital?

De modo geral, a inclusão digital impacta as seguintes áreas: educação, mercado de trabalho, cultura, finanças pessoais, empreendedorismo, etc.

Além disso, a inclusão digital nas escolas é uma etapa crucial do processo, pois, educa crianças e jovens para o mercado de trabalho e empreendedorismo.

Por isso, o governo federal deve promover a inclusão digital de idosos, crianças, jovens e adultos.

Como funciona a inclusão digital na medicina?

Em suma, a inclusão digital está presente em muitos setores e é bem provável que você já tenha se beneficiado dela.

Por exemplo, ao comprar uma passagem de avião, onde você pode fazer tudo através da Internet, entre outras situações.

Até porque, um dos maiores objetivos da inclusão digital no brasil é aumentar a eficiência operacional por meio de processos mais simples e menos burocráticos.

Sendo assim, na área da saúde, essa inclusão gera uma nova cultura que visa beneficiar os pacientes, médicos e gestores.

Assim, tendo em vista que essas experiências tornam-se mais valorizadas e o atendimento passe a ser melhor, essa visão ainda mantém-se com base em análises, dados estratégicos e ferramentas que diminuem os erros e tornam os processos mais seguros e eficientes.

Essa era digital é marcada pela automação de processos e novos modelos de gestão.

Desta forma, tudo isso acaba por favorecer e dar mais credibilidade as instituições de saúde no mercado.

Afinal, nas empresas da área de saúde, isso indica mais segurança, tanto para os pacientes quanto para os profissionais.

Além disso, a inclusão digital na área da saúde proporciona mais produtividade, mais agilidade, diminuição dos gastos e, claro, destaque no mercado.

Essa inclusão é crucial para ter diversas certificações e acreditações de saúde que são úteis para atestar a qualidade dos serviços prestados.

1. Tecnologia como aliada

É claro que nada disso seria possível sem o auxílio da tecnologia que tem sido acelerada de grande forma e tornando-se ainda mais presente na área da saúde.

Desde as complexas salas de cirurgia, com a ajuda de robôs e inteligência artificial, atendendo pacientes à distância por meio da telemedicina e telelaudo.

Segundo a Bitkom, associação alemã de TI, as consultas por vídeo, por exemplo, começaram a fazer parte da rotina de mais de 25.000 consultórios médicos na Alemanha desde o início de 2020.

Aqui no Brasil, a prática de telemedicina foi aprovada em abril de 2020 em caráter emergencial e segue em uso.

2. Maior controle de dados

Com a ajuda de tecnologias inovadoras, como o Business Intelligence (BI) e o Big Data, as empresas de saúde poderão extrair dados de diferentes processos de forma rápida e prática.

Assim, esses dados poderão ser vistos em painéis e serão úteis na hora de tomar decisões estratégicas, identificar falhas e oportunidades de implantar melhorias nas soluções já em uso.

3. Aumento da produtividade

Em suma, os sistemas de gestão integrados podem eliminar 100% os erros e aumentar a eficiência dos profissionais em todos os setores de um hospital.

Pois, ao adotar essas soluções, não é preciso mais usar os sistemas engessados e lentos que tornam produtividade mais limitada.

4. Redução de custos

Por fim, ao identificar as falhas e obter um maior controle de dados, é possível reduzir os custos, além de diminuir as glosas, os desperdícios de materiais, entre outros problemas que, à vezes, acabam por passar despercebidos nas empresas.

E também é válido lembrar que a inclusão digital elimina o uso de papel no dia a dia.

Qual o impacto da inclusão digital no Brasil para o futuro?

Dentro da Bayer, por exemplo, o desenvolvimento desse tipo de tecnologia é muito incentivado.

Para Niyantri Ramakrishnan, diretora de transformação digital da divisão Farmacêutica para a América Latina e o Brasil, os apps com foco em saúde são um um grande passo para os avanços da área.

Pois, por meio desses app, os pacientes têm mais autonomia e ainda é possível otimizar o seu atendimento.

Para Niyantri, a humanidade está passando por um momento único que exige da empresa uma transformação holística no modo como atuam.

Assim, tais projetos digitais são considerados como soluções que tornam mais fácil a rotina dos médicos e profissionais da saúde.

Por isso, há pouco tempo foi lançado no país o app Universo Médico.

Trata-se de uma plataforma de informação personalizada, que já é possível fazer download de modo gratuito, nas lojas dos sistemas Android ou iOS.

Além disso, para fazer o cadastro, basta apenas o CRM.

Por meio desse app, todos os profissionais da área da saúde poderão acessar um espaço de streaming de vídeos e podcasts, incluindo:

  • Informações sobre congressos;
  • Eventos;
  • Lives;
  • Entrevistas com especialistas;
  • Atualizações científicas;
  • Artigos e notícias sobre vários temas.

Desta forma, o objetivo é criar soluções que tornem mais prática e beneficiem a rotina desses profissionais.

E, de modo indireto, os pacientes também se beneficiam.

Ainda, outro exemplo que é possível citar, é a parceria entre a Bayer e a empresa One Drop.

O objetivo é oferecer uma plataforma digital para que os pacientes possam cuidar melhor de sua saúde em qualquer hora e lugar.

Os usuários da plataforma tem a opção de:

  • Monitorar sua alimentação;
  • Seus medicamentos;
  • Atividades físicas;
  • Acesso a indicadores como sono, estresse e humor.

Conclusão

Em suma, a inclusão digital é o melhor caminho para educar a população acerca de novas tecnologias e recursos.

Além disso, a inclusão digital é essencial para a área da saúde.

Pois, as inovações e mudanças digitais geram muitos benefícios tanto para a classe médica quanto para os pacientes.

Diego Augusto

Formado em Sistemas de Informação na Faculdade Pitágoras. Apaixonado por tecnologia e sempre antenado as novidades. Trabalho no mercado a mais de 10 anos como desenvolvedor Web. Sou especialista em desenvolvimento de sistemas e sites em arquitetura serverless.

1

Pode ser do seu interesse

Como conectar Huawei FreeBuds 4i

Como conectar Huawei FreeBuds 4i

Como escolher um Smartphone Android?

Como escolher um Smartphone Android?

Como comprar celular mais barato?

Como comprar celular mais barato?

Como cuidar do notebook para prolongar a vida útil?

Como cuidar do notebook para prolongar a vida útil?

Sistema gerenciador de tarefas: o que é e quais são os melhores

Sistema gerenciador de tarefas: o que é e quais são os melhores

Meu áudio do WhatsApp não sai som: o que fazer?

Meu áudio do WhatsApp não sai som: o que fazer?