terça-feira, 16 de agosto de 2022 - 16/08/2022 23:10:46
Portal Útil

Primeiramente, quem trabalha em áreas de risco que podem ocorrer acidentes graves e até mortes, precisa usar EPI em seu dia-a-dia de forma obrigatória.

Em suma, a lei da EPI passou a ser válida através da resolução n.º 6.514/77 da CLT.

Assim, a lei determina que haja o uso das EPIs em certas áreas de atuação, em especial em construções ou indústrias.

Afinal, nestes espaços é comum que haja acidentes relacionados às máquinas e apetrechos usadas no dia-a-dia.

Atualmente, é possível encontrar pessoas que usam as EPIs sem se questionar muito sobre a lei por trás delas ou sobre sua importância.

EPI

Além disso, o comum é que haja um consenso sobre o uso das EPIs. Afinal elas são de suma importância para a segurança no trabalho, o que é uma qualidade esperada de um ambiente de trabalho saudável.

Portanto, felizmente, o mais comum é encontrar apenas pessoas que concordam com seu uso e não tentam negar sua aplicação dentro de uma empresa.

Entenda tudo o que é EPI e qual sua importância neste guia do Portal Útil.

O que este artigo aborda:

EPI para empresas

Existem vários casos de funcionários que não usam as EPIs corretamente e até mesmo se recusam a usar as EPIs em seu dia-a-dia.

Desta forma, isso pode trazer sérias consequências para a empresa onde trabalha. Pois, caso uma vistoria seja feita ou caso alguém denuncie o local segundo a Lei n.º 6.514/77 da CLT.

Assim, os gestores e donos de empresas que fazem o uso de EPIs e lidam com situações de riscos precisam ter noções sobre a punição para esses funcionários.

Caso o uso incorreto de EPIs não seja punido, ele pode ser visto como algo normal a se fazer.

Então, o ideal é que haja campanhas para influenciar o uso do equipamento dentro das empresas, além de treinamentos e explicações claras sobre o assunto para que os colaboradores não sejam contra o seu uso.

O que é EPI?

Em suma, o Equipamento de Proteção Individual ou simplesmente as EPIs são tipos de equipamentos com a função de manter o trabalhador seguro durante seu turno que envolve construção, indústria e outros tipos de trabalho de risco, e pesados que podem machucar a pessoa sem o uso das EPIs apropriadas.

Por isso, existem até mesmo EPI para enfermagem, pois, em seu dia-a-dia é preciso evitar o contato com elementos tóxicos que podem afetar a saúde do trabalhador.

Portanto, uma EPI é um dispositivo de proteção usado por trabalhadores.

Além disso, as EPIs possuem uma longa história na humanidade, sendo desde capacetes de cavalheiros da época medieval até os equipamentos que apareceram com a Revolução Industrial dentro do meio trabalhista.

Antigamente, era muito comum ver acidentes dentro de indústrias, portanto a aplicação das EPIs se tornou muito necessária para evitar problemas legais.

Atualmente, o equipamento considerado uma EPI pode ser capacetes, protetores auriculares, equipamentos para a proteção respiratória como máscaras e respiradores faciais, proteção contra quedas como cinto de segurança, proteção para mãos e braços como luvas e coletes ou aventais para o torso.

Qual a importância do EPI?

Sem as EPIs, os acidentes de trabalho seriam muito mais comuns que atualmente.

No início da Revolução Industrial, dados demonstram que era comum ver ao menos um acidente a cada semana dentro de uma indústria, pois não haviam normas, campanhas para a segurança do trabalho ou leis trabalhistas o bastante para permitir a segurança do colaborador.

Por isso, as EPIs são parte do direito do trabalhador de ter a segurança em seu espaço de trabalho e devem ser oferecidas pela empresa.

Que áreas usam EPI?

As áreas que usam a EPI de segurança, também consideradas áreas de atuação de risco lidam com elementos tóxicos, máquinas pesadas e perigosas, trabalho nas alturas e mais.

Então, alguns setores seriam a enfermagem, indústria de vários tipos e, principalmente, o setor construtor.

Mas, é preciso sempre deixar claro que as EPIs válidas e necessárias para o serviço precisam ser, por lei, fornecidas pelo empregador e não pelo empregado.

Dessa forma, toda empresa que lida com essas áreas precisa disponibilizar o equipamento o quanto antes para seus funcionários.

Como incentivar o uso de EPIS nas empresas e o que ocorre se um funcionário não usar?

Muitos empregadores já oferecem EPI para segurança do trabalho em suas empresas, mas muitos funcionários ainda se questionam sobre a necessidade delas.

Por isso, é essencial deixar claro sua necessidade dentro da empresa, além de frisar a necessidade por conta de leis trabalhistas e da Lei n.º 6.514/77 da CLT.

Então, incentivar as EPIs pode ser um passo essencial para conscientizar as pessoas sobre o uso desse equipamento protetor.

A equipe gestora pode investir em treinamentos sobre o uso correto das EPIs, além de fazer campanhas de conscientização através de reuniões.

Além disso, este cuidado faz parte da segurança do trabalho e gestão de pessoas.

Caso os funcionários ainda se recusem em usar da forma correta a EPI, a empresa pode dar uma advertência para a pessoa.

Além disso, caso continue, uma suspensão e até mesmo levar a Justa Causa caso o funcionário continue negando-se a usar uma EPI.

Conclusão

Em suma, o uso de EPI é essencial para garantir a segurança dos funcionários que atuam em empresas ou funções de risco.

Portanto, considere o uso de EPIs na sua empresa caso haja a possibilidade de acidentes.

Rodolfo Sabino

Sou empreendedor, palestrante, ex-coordenador e professor do curso de SEO na Impacta Tecnologia (a maior escola de tecnologia do Brasil), sou certificado em Inbound Marketing pela Hubspot e em SEO pela Semrush.

1

Pode ser do seu interesse

O que é SDR em vendas?

O que é SDR em vendas?

O que é onboarding?

O que é onboarding?

Qual é a importância da gestão empresarial? Entenda

Qual é a importância da gestão empresarial? Entenda

Método FIFO na gestão de estoque: entenda

Método FIFO na gestão de estoque: entenda

Quais os tipos de contrato de trabalho? Entenda

Quais os tipos de contrato de trabalho? Entenda

Atendimento por chat

Atendimento por chat