Portal Útil

Caiu na temida lista de inadimplentes? Calma! Podemos te ajudar a limpar o nome sujo e organizar novamente suas finanças. Embora seja um problema que acontece com milhões de brasileiros, há muita gente que não sabe como proceder com essa situação.

Para ter o “nome sujo”, expressão popular que significa estar inadimplente no mercado, é necessário estar em dívida com alguma empresa, o qual já requereu o pagamento da dívida em atraso.

Ao não ter retorno do consumidor no pagamento dessa conta, a empresa pode solicitar a inclusão do nome do devedor no dia seguinte ao vencimento.

A inclusão do nome é por meio de um cadastro no sistema de Órgãos de Proteção ao Crédito, conhecidos também como bureaus de crédito, por exemplo, Serasa e SPC.

Com a inclusão, não só do seu nome, mas também de seus dados como o CPF (Cadastro de Pessoa Física), as empresas podem acessar esse cadastro e verificar as pendências ao realizar uma análise de crédito, por exemplo.

Tudo isso pode ser provocado por falta de planejamento financeiro por parte dos consumidores, ou ainda, por não seguir fielmente ao planejamento.

Também pode acontecer imprevistos, como perda de emprego, gastos extras com saúde, entre outros motivos.

Quanto mais tempo leva para limpar o nome, maiores podem ser as consequências. Dentre as principais estão as dificuldades de conseguir linhas de crédito, como cartão de crédito, empréstimos, financiamento, abrir crediários em comércios, entre outras.

Também pode te prejudicar ao alugar imóveis, abrir contas bancárias e, o mais complicado, ter que lidar com processo judicial.

Para se livrar desse problema, é necessário saber o que fazer para limpar o nome sujo. Por isso, reunimos as melhores dicas para te ajudar. Confira!

O que este artigo aborda:

Como limpar nome sujo
Como limpar nome sujo
Pin It

Como limpar nome sujo?

A seguir, veja 5 passos para saber como limpar nome sujo.

1. Consulte seu nome

Primeiro passo é consultar seu nome por meio do número do seu CPF nas plataformas ou aplicativos dos birôs de crédito.

Afinal, é nessas plataformas que estão os dados das pendências cadastradas, como o valor e informações do credor. Dessa forma, você consegue verificar de maneira atualizada se há pendências e quais são elas.

Além disso, muitas vezes pode acontecer de nem sabermos que estamos devendo, seja por esquecimento ou desorganização financeira, ou ainda, por mudar de endereço e não atualizar os dados com todas as empresas que possuímos algum vínculo em aberto, como as de telefonia.

E aí, não “recebemos” a notificação da dívida em atraso com o aviso para o cadastro nesses birôs de crédito caso não quite a conta.

Esse passo é bem simples de executar. É só acessar o site ou aplicativo oficial do birô de crédito, realizar um cadastro e confirmar seu e-mail. Após, faça um login e encontre suas pendências cadastradas.

Ou, você também pode entrar em contato diretamente com as empresas, informando seus dados para saber a situação de suas contas com essas credoras.

2. Organize suas contas e dívidas

Próximo passo é organizar todas suas contas e dívidas. Isso é importante para descobrir como andam suas contas, se está gastando além do que pode pagar, e qual o valor que pode separar para tentar negociar suas dívidas.

Lembre-se que ao renegociar as dívidas, os credores podem oferecer condições para pagar à vista ou em parcelas.

Liste tudo e faça uma análise profunda da sua situação financeira. Busque encontrar maneiras de cortar os gastos desnecessários ou supérfluos, para economizar uma grana.

Realizar uma renda extra também pode te ajudar a levantar um dinheiro para complementar a sua renda e pagar tudo em dia.

3. Busque facilidades com o uso da Carteira Digital

Outra dica nesse processo de limpar o nome sujo é buscar pelas facilidades disponíveis no mercado para organizar, planejar e quitar as contas. Uma delas é a Carteira Digital. Nela é possível, de maneira muito simples e segura, guardar seu dinheiro e realizar diversas operações bancárias, como parcelar faturas, efetuar pagamentos e transferir a grana.

Por exemplo, a Carteira Digital Serasa facilita sua vida financeira, e além das operações descritas acima, disponibiliza possibilidades de fazer recargas de celular, pagar boletos regulares, e até mesmo consultar e pagar débitos vinculados a veículos, como IPVA, licenciamento e até multas de trânsito.

Aliás, para te ajudar nessa questão, separamos esse conteúdo com as maneiras simples de realizar pagamentos de multa.

4. Renegocie suas dívidas com os credores

Se organizou e já consegue separar uma grana para parcelar ou tentar quitar suas dívidas? Afinal, o intuito aqui é realizar uma negociação que seja viável no seu orçamento.

E não se preocupe, você não é obrigado a aceitar de cara a primeira proposta. Pode tentar conversar ou até mesmo pedir alguns dias para avaliar a proposta.

Você pode entrar em contato diretamente com os credores, através do número de telefone, e-mail ou indo no estabelecimento físico.

Também pode renegociar através das plataformas específicas, como a Serasa Limpa Nome. Ao consultar o CPF, você também pode solicitar uma negociação e gerar o boleto na própria plataforma.

Durante a negociação, observe os juros e o CET (Custo Efetivo Total) cobrados na proposta, e sempre opte pela proposta que seja viável e mais vantajosa para você.

Ao fechar a negociação, assinar o acordo e realizar o primeiro pagamento, independente se escolher o pagamento à vista ou o parcelamento, dentro de até 5 dias seu nome precisa ser retirado do cadastro de inadimplentes dos bureaus de crédito.

5. Cumpra com o acordo

Após renegociar as dívidas, é fundamental que cumpra com o acordo. Se mantenha focado e no controle de seu orçamento até finalizar todos os pagamentos do acordo. Não atrase os pagamentos e não quebre esse contrato.

Dessa forma, você mantém seu nome limpo e se livra das consequências do nome sujo.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse