Portal Útil

Em suma, muitas pessoas não sabem como pedir demissão e isso pode ocorrer por vários motivos.

Seja porque você decidiu que é hora de mudar de emprego, porque recebeu outra proposta ou vários outros motivos.

Assim, quando o tempo para fechar um ciclo profissional chega, saber como pedir demissão pode ser um desafio.

Pois, não se trata apenas de entrar na sala do chefe e dizer que quer se demitir. É um processo que requer tato, respeito e sobretudo, profissionalismo.

O que este artigo aborda:

Como pedir demissão
Como pedir demissão
Pin It

Como pedir demissão?

A seguir, veja como pedir demissão:

  1. Confirme a decisão: antes de tudo, certifique-se de que a decisão de pedir demissão é a melhor escolha para a sua carreira. Avalie todas as possibilidades, converse com pessoas de confiança e reflita sobre as consequências desta decisão;
  2. Escreva uma carta de demissão: uma vez decidido, é hora de colocar no papel. Redija uma carta de demissão formal e assinada, declarando sua intenção de deixar o cargo e especificando a data do último dia de trabalho;
  3. Agende uma reunião com seu superior: solicite uma reunião privada com seu chefe ou superior imediato para comunicar a decisão. Este é um momento importante, portanto, seja direto, respeitoso e profissional. Não é necessário entrar em muitos detalhes sobre o motivo da saída;
  4. Informe o RH: depois de comunicar ao seu chefe, informe o setor de Recursos Humanos sobre sua decisão. Eles irão orientá-lo sobre as etapas finais, como o aviso prévio;
  5. Cumpra o aviso prévio: se for previsto em contrato, cumpra o aviso prévio. Este é um período de transição, em que você pode concluir os projetos em andamento e ajudar a preparar a pessoa que irá substituí-lo;
  6. Prepare-se para a transição: antes de sair, assegure-se de que todas as suas tarefas estão devidamente transferidas e que a transição ocorrerá da forma mais suave possível. Isso inclui informar aos colegas e clientes sobre sua partida;
  7. Mantenha o profissionalismo: mesmo após ter pedido demissão, mantenha o comportamento profissional até o último dia de trabalho. Isso garantirá que você saia em bons termos, preservando uma boa relação com antigos colegas e superiores.

O que recebo se pedir demissão?

Se você pedir demissão, terá direito a receber o saldo de salário do mês, o 13º salário proporcional aos meses trabalhados no ano, e as férias proporcionais acrescidas de 1/3.

Quem pede demissão tem direito a seguro desemprego?

Não, quem pede demissão não tem direito a receber o seguro desemprego. Já que esse benefício é destinado a trabalhadores que foram dispensados sem justa causa.

Portanto, se você optar por terminar o contrato de trabalho por iniciativa própria, não terá direito a este benefício.

Perguntas frequentes

A seguir, veja as perguntas frequentes acerca de como pedir demissão.

Posso pedir demissão durante o período de experiência?

Sim, você pode pedir demissão durante o período de experiência. Pois, não há nenhuma restrição legal que impeça um funcionário de pedir demissão nesse período.

No entanto, como em qualquer outra situação de demissão, você deve proceder de maneira profissional, comunicando formalmente sua decisão ao empregador e respeitando o aviso prévio, caso esteja previsto no seu contrato de trabalho.

Devo informar para onde estou indo na conversa de demissão?

Não é obrigatório informar para onde você está indo na conversa de demissão. Essa decisão é pessoal e depende do nível de conforto e da relação que você tem com o empregador.

Em alguns casos, compartilhar seus planos futuros pode demonstrar transparência e profissionalismo. No entanto, se preferir manter essa informação em sigilo, é perfeitamente aceitável.

Quais são as consequências financeiras ao pedir demissão?

As consequências financeiras de pedir demissão variam de acordo com o contrato de trabalho, o tempo de serviço e as políticas da empresa.

Geralmente, quando um empregado pede demissão, ele tem direito a receber o saldo de salário, as férias proporcionais e o 13º salário proporcional.

No entanto, ele não terá direito à multa de 40% do FGTS e, em muitos casos, também não poderá sacar o FGTS acumulado durante o período de trabalho.

Além disso, se a empresa exigir o cumprimento do aviso prévio e o funcionário optar por não cumprir, o valor correspondente pode ser descontado do acerto final.

Posso voltar atrás após pedir demissão?

Tecnicamente, é possível voltar atrás após pedir demissão, mas isso depende de alguns fatores. O principal deles é a aceitação do seu empregador.

Se você comunicou a decisão de pedir demissão e o empregador já aceitou e iniciou processos internos para a sua saída, como a busca por um substituto, por exemplo, ele pode não aceitar que você mude de ideia.

Conclusão

A transição de um emprego para outro pode ser um momento emocionante, mas também desafiador.

Então, ao entender como pedir demissão, você pode garantir que esse processo seja feito de forma respeitosa e profissional, abrindo portas para futuras oportunidades.

Além disso, uma saída elegante é a assinatura de um profissional autêntico e respeitoso.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse