Portal Útil

Para tratar e prevenir a caspa, é importante adotar hábitos saudáveis, inclusive alimentação, manter uma higiene capilar regular e reduzir o estresse.

Você sabe por que é tão importante tratar e prevenir a caspa? Embora a dermatite seborreica, seu nome científico, seja um problema bastante comum, aqueles flocos brancos ou amarelados devem ser tratados para evitar problemas futuros. 

A caspa consiste em uma doença inflamatória que provoca a descamação do couro cabeludo. O problema é causado pela ação excessiva das glândulas sebáceas no couro cabeludo, principalmente em períodos mais frios. Nesta altura, serve como proteção contra as baixas temperaturas. 

Porém, pode ter raízes também genéticas, além da influência de outros fatores, por exemplo, estresse, alimentação e desequilíbrio hormonal. Na maior parte das vezes, a descamação traz consigo coceira e vermelhidão. 

Uma rotina de higiene capilar frequente, somada a outros cuidados, são bastante eficazes no enfrentamento à dermatite seborreica. Ações para tratar e prevenir a caspa que devem ser tomadas, uma vez que, como veremos, a inflamação pode levar a problemas secundários, como perda capilar.  

O que este artigo aborda:

Como tratar caspa
Como tratar caspa
Pin It

Por que tratar e prevenir a caspa é tão importante?

A verdade é que a caspa, em si, não provoca problemas no cabelo ou couro cabeludo. Porém, a inflamação provocada pela dermatite leva, por exemplo, à queda de cabelo e, consequentemente, à calvície. 

Ademais, o problema pode não se limitar ao couro cabeludo, estendendo-se a orelhas, sobrancelhas, cantos do nariz e partes da face. Logo, é importante tratar e prevenir a caspa para não levar a intercorrências futuras.  

Como tratar caspa?

Uma rotina regular de higiene capilar é uma arma poderosa para tratar e prevenir a caspa. Além disso, também é importante controlar estresse e ansiedade, uma vez que fatores emocionais têm forte influência para o surgimento do problema. 

Shampoo anticaspa 

A higienização adequada do couro cabeludo é uma das formas mais eficazes de tratar e prevenir a caspa. O ideal é buscar a orientação de um dermatologista e iniciar o uso do shampoo anticaspa. O produto hidrata os fios, alivia a descamação e coceira, bem como previne o ressecamento da região. 

Cuide do estresse e ansiedade

Fatores emocionais, como já mencionado, são uma das causas para o surgimento da dermatite seborreica. Por isso, é fundamental controlá-los, seja por meios terapêuticos ou adoção de hábitos que reduzem o estresse, tais como exercícios físicos e relaxamento mental.   

Cuide da alimentação para tratar e prevenir a caspa 

Também é importante cuidar da alimentação e adotar hábitos saudáveis para tratar e prevenir a caspa. Nisso, estão:

  • evitar o cigarro
  • evitar álcool em excesso
  • alimentação equilibrada
  • dormir regularmente

As medidas para uma vida saudável são fundamentais para lutar contra o problema da dermatite seborreica. 

Cuidado ao aplicar condicionador 

Evite passar o condicionador no couro cabeludo, mais precisamente, na raiz. Com isso, não haverá acúmulo de resíduos dos produtos e, consequentemente, a oleosidade. Assim, não provoca a descamação decorrente da caspa. O mesmo cuidado deve-se ter com a máscara capilar.  

Não lave o cabelo com água muito quente 

Quando há excesso de oleosidade, há propensão ao surgimento da dermatite seborreica. A temperatura alta da água do chuveiro pode aumentar a oleosidade, intensificando o surgimento de caspa. Por isso, prefira água morna ou em temperatura ambiente.   

Evite abafar o couro cabeludo 

Usar bonés, chapéus e outros acessórios de proteção ao sol pode provocar aumento da oleosidade, pois intensificam o abafamento da região. Consequentemente, trazem a dermatite seborreica.  

Hidrate-se

A hidratação também é importante para tratar e prevenir a caspa. Logo, tome, pelo menos, dois litros de água, por dia, para que a pele fique hidratada.   

Além das dicas acima, é importante buscar orientação especializada de um dermatologista caso o problema seja recorrente. Por vezes, além da dermatite seborreica, a caspa pode ser provocada por outros fatores, tais como eczema, fungos, psoríase e medicamentos.

Sendo assim, para tratar e prevenir a caspa, é importante buscar alternativas de tratamento, conforme orientação médica. 

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse