terça-feira, 5 de julho de 2022 - 05/07/2022 01:10:05
Portal Útil

Descubra hoje se os shakes para emagrecer ainda são opções saudáveis para o seu processo de emagrecimento e qual é a sua indicação de uso, confira

O processo de emagrecimento pode ser um desafio para a grande maioria de nós. Contudo, hoje em dia temos diversos recursos para tornar esse objetivo uma realidade em nossas vidas de forma mais rápida, saudável e consistente. Algumas dessas ferramentas são a alimentação saudável, exercícios físicos, suplementos e também os shakes para emagrecer.

Alvo de muito preconceito nos últimos tempos, os shakes para emagrecer, quando usados da forma correta, podem favorecer e muito o seu processo de emagrecimento. Mas, qual é o shake ideal para o seu perfil? E afinal, os shakes ainda são consumidos hoje em dia?

Se você quer saber quais são os shakes disponíveis no mercado atualmente e qual é a recomendação de uso, continue com a gente e veja mais sobre esse recurso que pode te ajudar na perda de peso. Confira:

O que este artigo aborda:

Shakes para emagrecer funciona mesmo?

Muitas pessoas ainda ficam em dúvida se os shakes realmente são boas opções para auxiliar no processo de emagrecimento. Contudo, é preciso entender que esse processo de emagrecimento precisa ser feito com cuidado para não perder massa magra. Dessa forma, o seu corpo e sua saúde são prejudicadas. 

Shakes para emagrecer funciona mesmo

Os shakes ainda são consumidos para emagrecer, mas hoje em dia, com moderação. E às vezes, até mesmo com acompanhamento nutricional. No mercado atual, existem shakes com diversas composições, o que também facilita a sua escolha. São shakes desde os shakes de proteína aos de colágeno. Também há os que ajudam na construção dos músculos. Por isso, é importante conhecer um pouco sobre cada um, e assim, escolher de acordo com o seu objetivo.

Quais são as principais vantagens do shake para emagrecer?

Os shakes para emagrecer são um grande auxílio na correria do nosso dia a dia. Também, podem variar a dieta quando queremos consumir algo doce, por exemplo. Contudo, o shake tem muito mais vantagens, como por exemplo:

  • Poucas calorias, logo, favorecem a perda de peso;
  • Diversos sabores, ajudando a variar os sabores da sua dieta;
  • Adição de colágeno, para deixar a pele, cabelo e unhas mais bonitos e saudáveis;
  • Adição de vitaminas, fibras, minerais e fitonutrientes, ideal para quem precisa suplementar;
  • Uma grande ajuda na correria da rotina;
  • Fáceis de preparar;
  • São ideais para consumo rápido, de onde você estiver;
  • Fonte complementar de proteína.

Quais são os tipos de shake que posso escolher?

Existem, hoje em dia, basicamente o shake de proteína e o shake com colágeno e outros nutrientes. O shake de proteína tem como principal objetivo fornecer a quantidade de energia complementar que o seu corpo precisa, de acordo com a sua dieta regular. Se o shake em questão for substituir uma refeição, deve contar mais do que proteínas, mas também outros nutrientes para que você se mantenha saudável. 

Dependendo do protocolo, os shakes de proteína podem substituir até 3 refeições diárias. Logo, o seu efeito é de diminuir a ingestão calórica, e assim, ajudar no processo de emagrecimento, como também funcionam os melhores termogênicos. Se feito com a ajuda de um profissional, pode ser um grande auxílio nesta jornada.

O shake de colágeno, por sua vez, não é muito diferente do shake de proteína. De forma resumida, conta somente com adição de outros nutrientes para tornar a bebida mais completa e do colágeno. Essa composição é indicada para quem busca uma pele mais firme e também o fortalecimento dos ossos, cabelos e unhas.

O shake é uma substituição válida para uma dieta balanceada?

Apesar de o shake ser uma opção prática e saborosa para o dia a dia, não pode ser considerado substituto de uma alimentação balanceada. Os alimentos, em sua grande diversidade, oferecem todos os nutrientes que o nosso corpo necessita para se manter saudável, assim como a água. Portanto, restringir a sua alimentação a um shake pode ser perigoso para a sua saúde.

O nosso corpo, ao não receber todos os nutrientes que precisa, entra em estado de desnutrição. Por não saber qual será a próxima vez que vai receber os insumos para o seu funcionamento correto, irá reter água, gordura e calorias para se manter vivo. Dessa forma, o seu processo de emagrecimento fica estagnado e a sua saúde debilitada. 

Portanto, os shakes podem fazer parte da sua dieta, mas como uma variedade e uma mão na roda quando precisar e estiver fora de casa, por exemplo. Mas, não substitui todas as refeições. 

Devo tomar algum cuidado ao escolher um shake para emagrecer?

Para escolher um bom shake para emagrecer, o ideal é ler com atenção o rótulo. Dessa forma, saberá quais são os componentes da fórmula e se não há excesso de conservantes e químicos. Contudo, devemos prestar atenção redobrada em alguns nomes na embalagem, como por exemplo:

Maltodextrina, que é um tipo de carboidrato de alto índice glicêmico. Dessa forma, não favorece a perda de peso e pode causar alguns efeitos colaterais, como dor de cabeça, náuseas e diarreia;

Sacarose e xarope de milho: São os mesmos açúcares/carboidratos que vão na fórmula dos refrigerantes, muito semelhantes ao açúcar branco de mesa. O seu consumo não indicado, já que um volume exagerado pode levar à obesidade, problemas cardiovasculares, diabetes, etc;

Adoçantes artificiais: O aspartame e a sucralose são os adoçantes artificiais mais conhecidos de hoje em dia, e estão associados a uma série de problemas de saúde. Além disso, não são aliados do processo de emagrecimento, pois diminuem a sua sensibilidade à insulina.

E aí, depois dessas informações, fica muito mais fácil entender se o shake é uma boa opção para te ajudar no processo de emagrecimento, não é mesmo? Se usado com moderação e principalmente orientação nutricional, com certeza é uma alternativa deliciosa de cuidar da sua saúde enquanto emagrece!

O conteúdo "Shakes para emagrecer funciona mesmo?" foi feito por Alessandra Pereira e distribuído por Portal Útil na categoria Alimentação em .

Alessandra Pereira

Nutricionista com atuação em consultório na área de saúde da mulher, emagrecimento, diabetes e resistência a insulina. Meu foco é promover saúde e qualidade de vida na prevenção e tratamento de doenças. Sou pós-graduada em nutrição clínica e metabolismo e pós-graduada em nutrição funcional.

1

Pode ser do seu interesse

Peças de carros originais valem a pena? Entenda

Peças de carros originais valem a pena? Entenda

Como aumentar o engajamento no Instagram Stories

Como aumentar o engajamento no Instagram Stories

Rotina de estudos: o que é e como montar uma

Rotina de estudos: o que é e como montar uma

Indicadores de gestão empresarial

Indicadores de gestão empresarial

Chapa de policarbonato alveolar e compacto: diferenças

Chapa de policarbonato alveolar e compacto: diferenças

O que é um artigo científico?

O que é um artigo científico?